quarta-feira, 11 de outubro de 2017

O meu mal é fome

Há três anos achei que estava a engordar e fui a uma nutricionista. 65 kg para 1,62 m, ela disse que devia pesar 58 kg.

Fiz um teste de intolerâncias e deu ao glúten e à lactose cereais e fibras. Vá lá, deixaram-me a carne e os legumes e a fruta e os mariscos. Depois meti-me num grupo de Paleo que é a comida do Paleolítico. Nada de produtos refinados (açúcar, farinhas) nem batatas e arroz, parece que não havia. Mas batata doce havia e polvilho azedo e queijo quark e ovos e eu fiz uma receita de Pãezinhos de Queijo. Muito bons. Se tivessem fermento tinham crescido e não ficado como pedras. E também não tenho lareira para fazer uma foqueira. Mas podem-se comer cogumelos e bifes cozinhados em churrasco e peixes, ovos  e mariscos e um arroz que é feito de couve flor cozida e alho e os temperos pode ser o que se quiser, menos pimenta. Parece que não havia. E batata doce em puré e tal.

Claro que se emagrece imenso, sem bolos, nem pão, massas, refrigerantes, alcoól, mas ando a sentir-me um bocado lenta. Acho que a falta de hidratos de carbono afecta o cérebro. Quase de certeza. Tenho de me concentrar para atinar com o meu numero de telemóvel e o de casa nem pensar. Mas sei o NIF, e o código postal.

Se calhar tenho de os reintroduzir aos poucos, em pizzas. Mas não consigo comer pão nem bolos, começo a arrotar... E leite, iogurtes, gelados enjoam-me.

Sou mesmo intolerante.


terça-feira, 10 de outubro de 2017

Mais um prego no caixão

Eu tinha referido lá pra trás (junho?) que a minha médica de família me tinha marcado consulta para o centro hospitalar psiquiátrico, e marcaram para outubro, ontem. Eles realmente são rápidos na resposta às queixas mentais dos utentes...

Tinha pensado não ir, mas aquilo é de graça (não paguei nada), e sempre podia ir lá falar de coisas que me preocupam, depressão, pré-menopausa, o sentido da vida...

 O pior é justificar a ida ao médico, uma declaração de presença no Centro Hospitalar Psiquiátrico Central ( ex Júlio de Matos), é muito bom para se apresentar no local de trabalho. Whatever.

Então ontem lá fui, às sete e meia para lá estar às 10 para as 8 h, como dizia na carta. Levei uns dez minutos a chegar, pela 2ª circular, a entrada é por trás e o estacionamento pago. Depois são uma série de edifícios com nomes Psiquiatria II etc,  eu às aranhas para o pavilhão 40, só havia placas para a Escola de enfermagem e as Consultas externas. Parei lá no café, onde alguns utentes internados já estavam, de ténis a tomarem o seu café e a fumar na esplanada, um belo dia de sol de novo. Também havia uns com ar de médicos, sem batas mas bem calçados. O sr. do balcão atendeu-me à frente dos que lá estavam, eu disse que queria uma informação, e ele teve de ir ao mapa do hospital também não sabia onde era o pavilhão 40,  afinal é o Hospital de dia, onde vão levar injeções e tal. Devia ser a primeira porque uma sra. assistente administrativa me abriu a porta e me deixou esperar lá dentro, mas não deixou entrar os que chegaram para a injeção. Disse-me que só entrava às 8 h, já me atendia. Na carta dizia para aparecer 20 minutos antes da hora da consulta (8h 10 ), mas abstive-me de o mencionar, não queria hostlizar a senhora.

A médica chamou-me ainda estava a tratar do processo, e dizia lá um nº de utente diferente do que eu tenho no cartão do cidadão. Informáticos...

A dra. era uma senhora assim mais para minha idade ou mais velha, simpática, já estava lá a ver o meu processo no computador, agora está tudo em rede, no SNS. Lá estive a falar das minhas preocupações e da razão que levara a dra. do centro de saúde a preocupar-se com o meu estado mental. Ela depois disse que era uma depressão neurótica reactiva, à situação, no entando ia manter a medicação para depressão mas acrescentou outra coisa para eu adormecer à noite. Continuo a adormecer às 2 h para acordar às 7h 30. E eu preciso de dormir o dobro para funcionar.

Depois para passar a receita o sistema não emitia, pois tinha dois números de utente diferentes... Mostrei o cartão do cidadão e disse que o outro era o nº antigo, quando eu tinha BI e cartão de utente em separado e depois no cartão do cidadão aparecera outro nº e no centro de saúde não tinham dificuldade. Bem, ali tiveram, a dra, teve de passar uma receita à mão, tiveram de andar à procura de vinhetas, o computador não passava a receita.

A D. Rafaela , rececionista/ secretária ( nome fictício) disse-me para ir ao centro de saúde para eles alterarem o meu nº no sistema informático. Eu disse, pois, mas fiquei de voltar ao job e que horas vai por aí no papel? Ela pos lá meio dia. Eram 9h. Muito bem. Fui então para o centro de saúde perto da minha casa que estava muito animado, como todas as segundas feiras, só faltavam vinte senhas para mim.

Depois fui atendida e a menina disse que estava tudo bem, no sistema ao aceder com o nº antigo remetiam-me para o novo, que lá no hospital devia estar tudo bem. Liguei do telemóvel para a D. Rafaela dizendo-lhe que o nº do cartão de cidadão estava certo (ela pedira-me que o fizesse) e pronto.

A seguir ao ir para  o carro tive uma nova surpresa, um senhor idoso disse que a polícia estivera lá a tirar a matrícula do carro, pois eu estacionara em cima da passadeira. Um pouco, sim... A sorte foi não me rebocarem o carro. Presumo que receberei a multa e uma diminuição de pontos na carta. Ou será que é uma transgressão para me tirarem a carta? Espero que não....

Assim vai a vida, sempre com incêndios e altas temperaturas e eu em lume brando....


sábado, 7 de outubro de 2017

Real life

Let's try it in English. I have this Grammarly thing, keeps correcting what I write.
A friend of mine has told me ´why don´t you write a blog in English, about our country and places to go, now that we are so trendy´... OK....news about us: Two new tigers cubs were born at the Zoo, here in Lisbon. There are also lots of small elephants and a young rinosaurus . Ok, Grammarly has corrected this to dinosaurs. That is not true. Let´s see in Google translate, rhinoceros, rhinos.

No, you can´t see dinosaurs in Lisbon, yet. Not alive.

http://zoo-centro-pedagogico.blogspot.pt/2017/10/o-jardim-zoologico-apresenta-2-novas.html?spref=fb

https://www.zoo.pt/site/novidades_detalhe.php?novidade=194


What else can I say, the weather is fine, the sky is very blue, most people must be at the beach (Costa de Caparica, Cascais, Guincho, Carcavelos, Ericeira), because it´s Saturday... There are no political troubles (that´s in Spain, Barcelona, Catalonia) there are no shootings either because there are few guns around. Hunters have rifles I guess but people can go around with their cell phone and whatever, day and night, it´s safe. If they think you are tourists they will try to sell you things, I guess, just ignore it.

Well, that´s all for tourism.



Real life. I went to the Vet with my female cat, 14 years old. She has a renal deficiency, I have to take her twice a week to have serum. Then there came a young guy, with a German Sheppard and we began to talk, while the vet was occupied with five cats, and we heard feral noises coming from inside. My cat was safe in the box.

Then a man came in and said he had his dog in the car it had been run over by a car. OK, let´s wait for the Vet´s assistant shall we (please don´t take the dog inside, I don´t want to see real live hurt dogs). The Vet came, she´s Anna, and she said she would see him after she took care of us. The dog had a broken leg he said. Poor dr. that´s not an emergency clinic why didn´t she told him to take the dog to the animal hospital.

And then I came home, and began to watch TV.
Acho que amanhã vou à praia.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

A minha mente está a declinar

Acho que qualquer dia nem consigo escrever. Estou a teclar e saem-me as palavras disléxicas... No outro dia como temos de ter o telemóvel desligado, depois ao ligá-lo enganei-me no código, uma e outra vez e eis que me pedem o puk. Sei lá eu disso... Tive de ir à loja da Vodafone e o rapaz perguntou-me que pin queria e eu disse o código do multibanco. Acho. É melhor não o desligar. Depois no supermercado pus o código errado. Felizmente a filha estava lá para me ajudar.

A seguir recebo uma resposta a um anúncio a que respondera naquela, estou a ficar farta de ver o telejornal non-stop o dia inteiro (parece). Que sim, para eu fazer o teste do link. Era em francês e tinha de responder a três emails de clientes em 10 minutos, quase não consegui. A seguir três perguntas para responder em francês, dez linhas, sobre o que sabia da empresa, uma experiência que fosse útil para o cargo e onde pensava estar em cinco anos. Só consegui responder às duas primeiras! O tempo acabou! A seguir copiar o máximo possível de um texto em francês. O tempo acabou e eu tinha copiado cinco linhas. Depois um teste de gramática francesa, esse achei fácil e depois em inglês também fácil. Depois a cereja no topo do bolo. 30 perguntas de IT. Para isso chamei o meu filho, era escolha multipla , escolher uma resposta. Tive de traduzir para português mas ele respondeu sem hesitar. Boa.

Agora hoje, recebo um email a dizer que não passámos no teste e por isso não teria telefonema em francês....

Engraçado que há um mês ou dois fiz para a Uber um parecido e respondi a tudo a tempo (não tinha IT) e ao oral por telefone e passei. Depois não me escolheram na mesma, mas anyway...

Acho que vou desistir de concorrer a coisas em francês.

Sandokan e esposa.

Kabir Bedi and Nikki.

Apeteceu-me.

Um homem do meu tempo.

Parece que fez ali uma plástica.

terça-feira, 3 de outubro de 2017

Analysing contents

Ok, that is a job, my job actually. I answered an advertisement for "Reviewer of improper contents for a social network", and got called, and they explained to me What, how, where, for whom it was, how much would I earn. And I chose the Portuguese/Brasilian markets, they had also the Spanish and French, but they paid the same and it was easier. Since I am Portuguese.

What we do is to enforce the terms of agreement, those things we have to agree not to do when we first sign to the social network (which I cannot name). Actually, as a user, I had denounced a photo of a dog strapped to a car by the neck, and a man laughing. I said it was violent and I didn´t want to see it. And they ignored me. Now I know why. There was no caption praising the action or promoting it.

People can post photos of horrible things, but if they put a caption condemning the act, it´s OK. ( but no sex).
Of course, we can delete it ourselves from our page, but if the reviewers delete it, is gone from every computer.

In this market (Portuguese/ Brazilian) I see such horrible things: people with a little dog in the act of throwing it over a bridge, mother hitting her adult daughter, but if they add " So horrible, we should catch them!" we must Ignore. These come from Brazil. From my market we have nudity, and that is almost always a Delete. Because women cannot show their breasts, even if they are at the beach, or it´s a picture of native women in Africa. Guidelines.

That´s because I am European I guess, people still do topless at the beach, and nobody cares. Mothers breastfeed their babies in public places and it´s alright.

And another thing, yes it is true they have a software that spots some words. They send this to be analyzed by humans, us, and also what people have denounced. If it is a real threat of something, we Escalate, to be analyzed in Dublin, and they take measures. Or we can Mark as Disturbing and then people choose to watch it or not.

Well, all this is in the Page of ....... (social network), if you care to read it.
Be good!


DEUS TRABALHANDO