If he doesn´t have books.....

If he doesn´t have books.....
just fuck him and forget him

domingo, 16 de julho de 2017

Pesadelos

Ora bem, ainda estou na primeira semana dos tais comprimidos ( Buspoprion, pronto! ) e continuo a descobrir os efeitos secundários.

Falta de sono: no outro dia estava com a filha na fila do drive in do Mac ali da 2ª circular às quatro da manhã.
Era sexta feira e ela foi sair com os amigos. Fui buscá-la à Morais Soares onde eles têm um apartamento alugado e vi-os chegar no autocarro vassoura, que vem do Cais de Sodré. Percurso nocturno, como se chama. Vinha ela e outra rapariga, ambas de jeans e quatro rapazes de calções.
Se calhar não anda com nenhum deles mesmo, têm um ar tão de Técnico.Menos um.

Ela estava com fome e eu não jantara e ela sugeriu o Mac e fomos e estavam uns quatro carros à nossa frente e comemos lá no estacionamento, enquanto vinham chegando mais carros. Foi a 2ª vez que fizémos isto, momentos de " bonding" entre mãe e filha...

Sonhos estranhos : dizia lá na bula que causa sonhos estranhos ou pesadelos.
Eu só me lembro do que estou a sonhar se for antes de acordar, de manhã. Acho que é uma seca estar a contar os nossos sonhos, já me imagino no psiquiatra , ele a dizer " e o que pensa que isso significa?".

No outro dia tive um que era eu numa universidade género Hogwarts e estava muito aflita a fazer a mala porque tinha de apanhar o comboio para voltar para casa nas férias. Não encontrava as coisas, depois perdia-me a caminho do comboio, arrastava uma mala com rodas, havia escadas rolantes, apanhei uma chuvada em cima.... Finalmente chego a casa e sento-me lá no sofá e a minha mãe vem da rua e diz " ah, já chegaste" e vai andando.... Aí eu passo-me e começo a gritar que não me telefonaram nem uma vez, e que gostava muito do meu sobrinho mas desde que ele nascera, eu deixara de existir. Ela respondeu " mas tu é que quiseste ir para uma universidade longe de casa? Não era para seres independente? "

Acho que aí acordei. Factos: eu andei na universidade de Letras e apanhava o autocarro de manhã e pronto. Na altura viviam na nossa casa a minha irmã e o meu sobrinho e o meu cunhado, que passava a semana em Coimbra, onde estava a tirar o curso. A minha irmã já trabalhava e eu brincava e tomava conta do miúdo bastantes vezes, chamava-me " titi" (continuou a chamar até aos 15 anos....) e adorava-me. Estava muito no meu quarto a brincar com bonecos meus e eu a tentar estudar.

Que é que isto significa? Uma realidade alternativa, só pode.

Sem comentários: