domingo, 3 de maio de 2009

Os signos afinal são 13


Que é a astrologia


Das oitenta e oito constelações, doze são chamadas os signos do Zodíaco ou "signos".
O signo depende da data de nascimento (...) Como sabemos qual o signo que recebêmos?
Se o Sol não fôsse tão brilhante, seríamos capazes de ver as estrelas tão bem de dia como de noite. Os signos do Zodíaco baseiam-se nas constelações que estariam atrás do Sol. Durante o ano, o Sol percorre sucessivamente as doze constelações do Zodíaco. Demora um mês a percorrer cada uma. Por exemplo a 15 de Maio o Sol está em frente de Taurus, mas a cerca de três de Junho deslocou-se para Gemini.

Infelizmente há uma ligeira complicação com os doze signos. Desde os tempos antigos, quando o Zodíaco foi organizado a primeira vez, a maneira como as estrelas foram divididas em constelações foi alterada. Os astrólogos ainda utilizam o velho sistema, mas com o sistema moderno, em vez de passar directamente de Escorpião para o Sagitário, o Sol atravessa uma décima terceira constelação chamada Ophiuchus ou Serpentário.

O signo pode realmente fazer alguma diferença?

Não evidentemente que não. Algumas bolas de gás a arder a muitos milhões de quilómetros de distância não fazem a mínima diferença para ninguém.

A astrologia é uma perda de tempo?

Não. É um divertimento absolutamente inofensivo e dá-nos a todos alguma coisa disparatada sobre que falar.

K. Poskitt, Uma Galáxia Marada, "Cultura Horrível", ed . Europa América

1 comentário:

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk